janelas

Ainda querem que continue a acreditar nesta democracia???

Eu ainda sou nova e acredito no Homem e na Civilização.

Quero continuar a acreditar que os nossos governantes têm mais interesse em defender os interesses do País do que os dos partidos que representam.

Por favor, não me envergonhem mais!


4 comentários:

José Ricardo Costa disse...

Margarida, filha, bem se vê que és mesmo nova...

JR

marteodora disse...

OK, Papá, já sei que nasceste no Jurássico, ou na Idade do Gelo, ou lá pró Egipto, ou coisa desse género bem antiga...mas também não exageres no tom de condescendência...
Deixa-me lá ser nem por isso assim tão nova...
Estes gajos andam cá a mexer-me com os nervos...nem os posso ver...
E depois, só para me castigar muito e me penitenciar vi, hoje, o telejornal da TVI e ainda fiquei pior.
Estou completamente céptica...
e sem esperança...
Se pudesse (mesmo) emigrava!

José Ricardo Costa disse...

Bem, o cepticismo nasceu na Grécia Antiga. Já lá vão uns anitos. Mas olha que aquela gente ainda se lê muito bem. Pirro, Sexto Empírico, all that Jazz...

Eles não precisaram de emigrar. Ou melhor, emigraram para o melhor sítio do mundo: para dentro da sua céptica consciência.
JR

marteodora disse...

É, no fundo, é isso que conta; que a nossa consciência seja isso mesmo,uma boa consciência; que não nos atraiçoe e que nós não a atraiçoemos a ela e que, apesar de céptica, seja o melhor refúgio de nós mesmos e nos continue a dar clareza e presença de espírito! Já que a esperança, essa, é mesmo pouca.
Ah, e mais, gosto e preciso de ser céptica. Sê-lo-ei sempre (apesar de hoje ter assistido ao telejornal da TVI).
O tal Sócrates do "Só sei que nada sei..." poderia vir cá dar umas lições a este pessoal!