janelas



SE

Se eu pudesse
escrever só
para ti
(que é
um modo de dizer:
como a brisa passa
porque é brisa
como as águas
correm porque
são água
como a planta respira
e a fera mata)
se eu pudesse
escrever
sem endereços
sem sobrescritos
sem o medo
de ser lido
de ter escrito
seria a verdade
dos rios
seria a praia nocturna
a sós com o mar
seria o hábito
da boca desnuda
seria montanha
seria rio
seria mar
seria asa.

Seria eu.


Fernando Namora, Marketing

Sem comentários: