janelas

do clássico...


Ordem, simetria, equilíbrio, proporção, ritmo, perfeição, robustez, padrão, simplicidade, harmonia, verticalidade, estabilidade, medida, mestria, força, singeleza, solidez… tudo valores clássicos de então. E hoje, onde estão?

LINDO

Esta fotografia ganhou ESTE poema .

E digam lá se não é o casamento perfeito?

Obrigada Ivone!

Cutileiro/Sancho - (a pedra como memória) - TN





"A ténue claridade do corredor filtrava-se pelo orifício e projectava um filamento vaporoso de luz do lado de lá. Pouco mais se via do que uma atmosfera espessa. Aproximei o olho, tentando captar alguma imagem do que havia do outro lado da parede, mas nesse momento surgiu uma aranha preta na boca do orifício. Recuei bruscamente a aranha apressou-se a trepar pelo interior do armário e desapareceu na sombra."

Zafón, Carlos Ruiz, O jogo do anjo, Dom Quixote, p. 204.

então é Natal...



Igreja da Misericórdia de Torres Novas


Venha de semana, peça que lhe abram a igreja, nos escritórios da Misericórdia ao lado do Templo. Aguarde que acendam as luzes do altar e da cimalha superior; observe o trabalho pétreo de Mateus Fernandes (IV) e seus pares. Encante-se com o trabalho do entalhador Manuel da Silva e depois deleite-se com o ritmo da abóbada de brutescos de Pedro de Sousa. Por fim, toque os azulejos de padrão das paredes, eles são a única pintura feita para ser tocada. De saída, dê um último olhar ao portal.