janelas

nostalgia do princípio do fim do Verão

Li este poema (belíssimo, por sinal) e associei-o a esta fotografia.

1 comentário:

Ivone Costa disse...

O poema fica a perder para a fotografia, Margarida.
Obrigada.