janelas

EN GARDE


4 comentários:

-pirata-vermelho- disse...

Isto é a imponência...
perturbadora;
e uma certa sobranceria, muitas vezes muito próxima.




En gard'à vous?

marteodora disse...

Quem? Eu?
Não, nem pensar, que não tenho ambições de D. Quixote (em versão feminina, claro!.

Todas as torres são sobranceiras. Nem todas são imponentes.

-pirata-vermelho- disse...

Você?! Nem pensar...
a personagem representada!

'Todas' as suas representações são personagens ou sua evocação.
Olhe a intimidade da seguinte; despiu-a por completo na sua fragilidade mal assumida, antes uma não-fragilidade.

marteodora disse...

Tem razão,Pirata. Tem razão!
Faz jus, aliás, à etiqueta "Pura ficção"!