janelas

foto com três dias de atraso...

Sony A 700; 1/60s; 11.0f; ISO 200;Zoom Sigma DC a 18 mm

5 comentários:

-pirata-vermelho- disse...

Você é 'colorista' exímio!
No séc XIX havia de ter sido um aguarelista 'daqueles', mágicos...
e logo a seguir, um fauve 'daqueles', da revolução do olhar

PR disse...

Ente os coloristas, os aguarelistas e os fauves, permita-me que opte por Auguste Renoir, um impressionista senhor de uma paleta deveras delicada. Cumprimentos. PR

-pirata-vermelho- disse...

Faça o favor...
é bem escolhido, embora seja escolha difícil porque aparecem logo 'os outros todos'...

Não lhe parece que A Pintura como foi, como era, quando deu a Renoir -p.expl.- um gozo e inebriamento indizíveis, está extinta, tanto no plano estético, o da fruição, como no plano das potenciaçlidades de representação e sobretudo, na ordem simbólica?

PR disse...

O meu caro começou nos coloristas e já vai no simbolismo; daqui a pouco passa pelo expressionismo, embarca no futurismo, experimenta o dadaísmo e desemboca na abstracção.
Mas tudo, no fundo, não passam de rótulos, formas encontradas para se poder organizar, catalogar e compartimentar aquilo que é deveras simples. E o simples é a obra e a possibilidade que esta nos dá, enquanto estetas, de dialogar com o artista que a produziu. É simples fruição, simples prazer estético. A partir dai, existe uma paleta imensa à nossa escolha, é só servirmo-nos. Mas voltemos à fotografia. Cumprimentos e volte sempre. PR

-pirata-vermelho- disse...

Nem mais...
embora não me tenha querido meter nos ismos com a intenção que parece ter visto.
porém,
o abstracto é outra matéria de significados - em todos os domínios.