janelas

Mondego


Sony A 700; 1/80s; 9,0f; ISO 160; Zoom Sigma DC a 18 mm

3 comentários:

Anónimo disse...

"...quem te não viu anda cego, quem te não ama não vive!..."
Suas margens viram nascer, crescer e nele se banhou e banha meu grande amor! Não é por acaso que os anos passam e seu charme se acentua... Ai amor, amor!

PR disse...

Caro Anónimo, Também gostámos do Mondego, nesta altura do ano. Cumprimentos. PR

Anónimo disse...

8375O Mondego é sempre belo em qualquer época do ano!
Inspirador de poetas, testemunha de amores felizes, outros nem tanto...
Remanso de paz, acariciador e retemperador de corpos calorosos em tardes quentes de Verão...